• Desafios da Criação

Pandemia: como ajudar as crianças a lidar com o estresse

Já se sabe que até o presente momento, a forma mais eficaz de evitar a disseminação do coronavírus é o isolamento social. Essas mudanças de vida exigidas pela pandemia podem impactar a nossa saúde mental e dos nossos filhos, os quais estão sem ir à escola, aos equipamentos públicos de lazer, cultura e arte, ou seja, reclusos em casa.

Algumas organizações de saúde como a Unicef e a Sociedade Brasileira de Pediatria publicaram recomendações para os cuidadores de crianças e adolescentes a fim de evitar o "ambiente estressor" e os prejuízos da saúde mental dos pequenos.


Segue um resumo adaptado dessas publicações e ao final do texto, os dois arquivos estão disponíveis para download, caso alguém queira lê-los na íntegra.


1. MANTENHAM A ROTINA, NA MEDIDA DO POSSÍVEL. Os horários, rotinas e tarefas podem facilitar a organização, tanto individual quanto da família; mas ter horários para brincar e relaxar também ajuda a criar uma rotina tranquilizadora. Preservem esses horários prazerosos de brincadeiras, conversas e leituras dirigidas para as crianças.

E lembrem-se que, dentro do possível, nós, pais também devemos ter nossos tempos individuais para fazer coisas do nosso interesse, além do "home office". Converse com seu par e também explique aos filhos sobre a necessidade de cada um ter seu momento de individualidade, pedindo colaboração.


2. TENHAM ESPÍRITO DE COLABORAÇÃO! Dividir tarefas e responsabilidades entre os familiares possibilita a manutenção do exercício da autonomia e das tomadas de decisão a partir do diálogo e da análise das alternativas possíveis.


3. FIQUEM ATENTOS ÀS SUAS EMOÇÕES! As crianças seguem, geralmente, as pistas emocionais dos adultos que as cercam. Por isso, responder à crise de forma equilibrada é fundamental. Procure tranquilizá-las e mostrar como as ama e tem orgulho delas. Isso fará com que se sintam melhores e mais seguras. 

4. EVITEM O EXCESSO DE NOTÍCIAS E COMENTÁRIOS NEGATIVOS SOBRE O ATUAL MOMENTO! Devemos ter equilíbrio em repassar notícias às crianças. Atualizem-se apenas por fontes oficiais e confiáveis e deem as informações necessárias, em termos simples, objetivos e positivos, respeitando os possíveis questionamentos e a capacidade de entendimento da criança.

Evitem estratégias de enfrentamentos emocionais mal adaptativas, como a fuga dos problemas, o enfrentamento mágico e fantasioso, com negação da realidade ou o pensamento negativo catastrófico que leva à dramatização.

5. ESCUTEM AS CRIANÇAS ATENTAMENTE E SEJAM COMPREENSIVOS! As crianças podem reagir a uma situação difícil de diferentes maneiras, demonstrando mais apego, sentindo-se ansiosas, tristes, zangadas, agitadas ou com mudanças frequentes de humor. Procure ajudá-las a encontrar maneiras positivas de expressar sentimentos. 

6. MANTENHAM A CASA DE VOCÊS COMO UM AMBIENTE ACOLHEDOR E DE PROTEÇÃO! As crianças precisam do amor dos adultos e, muitas vezes, de uma atenção especial em momentos difíceis. Geralmente, as crianças se sentem mais aliviadas se conseguem expressar seus sentimentos do seu jeito. Para isso, é necessário que encontrem um ambiente acolhedor.

Ordene as regras de higiene adequadas e segurança preconizadas, assim, poderá abraçar seus filhos, dar-lhes colo, fazer um cafuné. Bebês e crianças pequenas necessitam do contato físico de seus cuidadores para um desenvolvimento emocional saudável. Os riscos da privação de carinho e aconchego superam os riscos do vírus.

7. PRATIQUEM A SOLIDARIEDADE! Devemos estar cientes ainda do nosso papel como referências e modelos de conduta. Nossas ações são a base para que a criança aprenda e desenvolva uma série de valores como a generosidade, a compaixão, a honestidade e a capacidade de empatia. Uma boa ideia é estimular as crianças e adolescentes a arrumar seus pertences e separar os que não são mais utilizados para doação, propiciando a abertura para gestos solidários e autorenovação.


SBP: saude mental das criancas na pandem
Download • 512KB



Unicef_saude-mental_orientacoes-familias
Download • 1.49MB



13 visualizações

©2020 por Desafios da Criação.